Boa alimentaçao na gestaçao

12:24 Drª Ana Paula Araújo 0 Comments




A medicina descobre que a gestação é decisiva para uma vida longa e livre de doenças.
Nesse período, pode-se prevenir a depressão, o câncer,a obesidade e até a diabetes.

Quando escolhe o que vai comer, a grávida não está somente decidindo como preservar sua própria saúde e seu bem-estar durante a gestação. O desenvolvimento adequado da criança também está em jogo e precisa ser levado em conta, pois as conseqüências para o futuro do bebê podem ser graves.
As gestantes representam um grupo com muitas particularidades na composição de sua dieta. Com a gravidez, surgem novas demandas nutricionais para sustentar o processo que está sendo desencadeado no corpo da mulher.
A mãe entra em um estado anabólico, no qual, por meio de moléculas simples, passa a criar moléculas mais complexas e assim começa a dar forma ao novo feto. Assim, ela necessita de ajustes contínuos em relação à ingestão de nutrientes que suportem essa nova fase.
A nutrição inadequada nesse momento influencia na predisposição do indivíduo a doenças crônicas não transmissíveis ao longo da vida, como, por exemplo, diabetes, obesidade, problemas cardiovasculares e câncer. Isso se dá por um fenômeno conhecido como imprinting ou programação metabólica.
Para entender sobre programação metabólica, cabe explicar cientificamente que ela ocorre como resultado de alterações epigenéticas, que são modificações na expressão (ativação) dos genes ocorridas durante as divisões celulares.
Portanto, no período gestacional, a dieta deve ser equilibrada, quantitativamente suficiente, qualitativamente completa, harmoniosa nos seus componentes e adequada à sua finalidade. É importante ressaltar que, durante esse período fisiológico, em muitos casos, se faz necessária a suplementação de nutrientes e, para determiná-la, é preciso considerar a individualidade bioquímica – conjunto único de fatores genéticos que controla o metabolismo, as necessidades nutricionais e as sensibilidades alimentares de cada indivíduo.

You Might Also Like

0 comentários :