Dietas Milagrosas

17:13 Drª Ana Paula Araújo 7 Comments

Entre as milhares de dietas que encontramos por aí, tanto na internet, quanto em revistas, e programas de televisão, muitas delas são completamente invasivas ao nosso organismo.
A partir de um livro chamado "Eu não consigo emagrecer" do autor Pierre Dukan, que retrata uma dieta proteica, deixo aqui minha crítica para as pessoas que buscam uma perda de peso, pelo mesmo linha de raciocínio do livro citado, através do alto consumo de proteína.

Realmente a concentração de proteínas promove uma perda de peso significativa e rápida, mas o preço metabólico que se paga é alto.
A proteína é o único nutriente que o nosso corpo não armazena, sendo excretado o que não for utilizado. Sendo que esta excreção é renal e como havia falado, pode haver um comprometimento do orgão em questão. O usuário teria que ingerir muita água para minimizar este comprometimento. (Apenas minimizar).
Com o avanço dos estudos da Nutrição, sabemos que os nutrientes são divididos por carga glicêmica e fator de inflamação (não mais por calorias como antigamente), ou seja, alguns alimentos podem ser mais inflamatórios e outros não.
A proteína contém um fator muito alto de inflamação celular, acarretando sérios problemas a longo prazo, como por exemplo; aumento de colesterol sanguíneo, ácido úrico, renal, e até mesmo um gatilho para cancêr, que neste século esta muito presente no nosso dia-a-dia. Podemos perder peso sem corrermos tantos riscos e preservando a nossa saúde celular.
A utilização em excessos de proteínas ocorre também um envelhecimento precoce das células, tirando a referência de nossa idade física.(aumento de radicais livres) Cito também que as proteínas não tem uma digestibilidade boa, ocasionando no organismo uma alteração da permeabilideda intestinal, tornando este nutriente mais alergênico, sendo gatilho para diversas intolerâncias alimentares em forma de sinosites, renites, dentre outras.
Em meu consultório faço um exame para 70 alimentos que me permite fazer uma dieta personalizada, retirando os alimentos que bioquimicamente respeite a individualidade.

 Não acredito em dietas para todos, pois somos indivíduos diferentes uns dos outros

Estou disposta a responder qualquer tipo de dúvidas.



You Might Also Like

7 comentários :

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Também não acredito em dietas universais!! Porém, acredito que a melhor forma de emagrecer (não a mais fácil) para quem tem problemas de peso e de alimentação vai ser sempre a mesma: comer moderadamente, reeducar sua alimentação e a fazer exercícios físicos prazerosos (se não gostar de nenhum, fazer por necessidade mesmo).
    Eu falo isso porque tenho o metabolismo lento e sempre tive muita dificuldade pra emagrecer, mas dentro de mim eu sei que sou eu me prejudicando. Não adianta, a disciplina é essencial na vida, em praticamente tudo que fazemos.
    Quando engordo eu sempre sei que é por exagerar de alguma forma. Comendo chocolate demais, todos os tipos de doces (principalmente no fim de semana).
    Quem tem a mesma dificuldade não pode esquecer: ao longo de toda a vida teremos que fazer um sacrifício e resistir ao exagero. Para o nosso próprio bem estar

    ResponderExcluir
  3. Boa noite Lívia.
    Acho que podemos mudar algum conceito seu. Veja bem!!! A preferência por doces pode ser metabólico!! Se vc estiver com fungos no organismo já é um gatilho para esta escolha.
    A ansiedade esta muito relacionada com a utilização de chocolates, este alimento é rico em triptofano que é precurssoor de Serotonina melhorando o estado de ansiedade. Muitas mulheres na época da mestruação aumenta a ingestão.Quero dizer com isso, que se controlarmos os processos metabólicos podemos mudar o hábito alimentar. Na verdade nosso corpo pede estes alimentos. Por este motivo não acredito em dietas milagrosas e sim em individualidades bioquímicas, fazendo uma dieta própria para o seu metabolismo.
    Obrigada pelo o seu depoimento.
    Um abraço carinhoso
    Ana Paula Araújo

    ResponderExcluir
  4. Dietas universais são mesmo uma furada. Mesmo assim, há pouco tentei fazer uma rica em proteínas, mas não tão restrita.
    Apesar de ela ter sido desenvolvida especialmente para mim, alguns efeitos me incomodaram muito, como irritação, falta de ânimo, momentos depressivos, prisão de ventre absurda.. enfim..
    Não perdi tanto peso, mas é bem verdade que aprendi algumas coisas, que antes eu não conseguia fazer!! Simmmm! eu posso sobreviver comendo bem menos carboidratos do que antes! Eles me fazem tanto mal, mas eu gosto tanto.. !! Aprendi a me satisfazer com uma quantidade de comida menor!!
    Ainda assim, prefiro fazer uma dieta balanceada, que inclua de tudo.. porque os efeitos negativos não valem a pena!

    ResponderExcluir
  5. Na verdade a dieta têm uma relação direta com o estado de humor, irritabilidades, etc. No sentido de que: quando comemos produzimos mais ou menos toxicas, que fará todo o diferencial. Como em depoimentos anteriores repito!! Que dietas proteícas realmente perdem pesos só que com alimentos inflamatórios são gatilhos para diversas patologias.
    Em meu consultório faço em examo de Bioressonancia Magnética onde detecto entre 70 alimentos o melhor para o funcionamento do matabolismo, respeitando a individualidade bioquímica. Isso Sim é um diferencial!!!Melhorando o paciente num todo e reduzindo a capacidade gástrica, atingindo assim um emagrecimento saudável e correto. Fico feliz com o seu depoimento, um abraço carinhoso.

    ResponderExcluir
  6. Olá Dra. Ana Paula! Faço essa dieta do livro q pra mim foi o pontapé inicial para a verdadeira reeducação alimentar. Ao eliminar os excessos de carboidratos que eu comia, não tive mais TPM, passei a ter disposição para atividade física e consegui controlar minha fome e ansiedade por doce. Tudo isso sem remédio algum e hoje sou uma pessoa mais feliz, magra e realizada. Tenho 1,70 de altura e meu peso chegou ao limite de 90kg. Tenho 35 anos e sou hipertensa desde os 30. No meu caso, talvez uma rara exceção, o sucesso em uma dieta (Plano Protal) foi primordial pra eu cuidar da minha saúde e mudar de atitude. O livro me ajudou a encontrar o caminho para buscar uma vida mais saudável. Na minha opinião acho válido todo benefício que o livro me proporcionou, após leitura dele eu consegui encontrar dentro de mim a força e perseverança. Hoje faço caminhada/corrida na praia e sou exemplo para várias pessoas que desejam emagrecer e não conseguem. Estou à disposição no meu e-mail pessoal caso queira analizar meu caso, que eu considero de sucesso. Patricia Coutinho (coutinhocoutinho@hotmail.com)

    ResponderExcluir
  7. Uma observação importante que esqueci de colocar é que considero fundamentental uma Reenducação Alimentar de equilibrio entre todos os grupos de alimentos, só que para eu perder peso inicialmente só a reeducação não foi suficiente, ela ajudou na manutenção e não para perda. E foi nesse difícil início que o livro me auxíliou. Diante de todo seu conhecimento e esclarecimento, só posso acreditar que sou uma exceção abençoada por Deus.

    ResponderExcluir